sábado, 15 de outubro de 2011

CELEBRIDADES

Os "rebeldes" se orgulham de prender, humilhar, e geralmente matar sob tortura pessoas influentes. Este é o xeque Ali Bossoh, um Doutor da Lei -- algo semelhante ao Pastor protestante -- que tinha um programa na televisão. Necessitamos urgentemente de alguém que saiba Árabe, para traduzir. Por enquanto, bastem-nos as imagens:

video


Este era o deputado e ministro Kaled Kaim:

Em outro vídeo vemo-lo procurando descontrair com seus captores. Se era uma estratégia de sobrevivência, não deu certo: no dia seguinte estava morto. (http://www.youtube.com/watch?v=Ym-ZFnXNLYk&NR=1)

Dois generais reformados, heróis da Revolução Verde:



Conseguimos a informação de que o crime de que são acusados é terem estado recentemente com Kadafi, em uma celebração do mês sagrado de Ramadã.  (leonorenlibia.blogspot.com)


Outro veterano:




Masood Saad, ex-secretário de Kadafi


A jornalista Wedian chega à sua casa e é recebida pelos "rebeldes" que foram prendê-la:


Outras detenções:




"Memórias do Cárcere": Ao tomarem o Hospital de Trípoli, os "rebeldes" confinaram numa sala os funcionários "suspeitos" e o diretor do Hospital. Enquanto aguarda o seu destino, o diretor conversa com o carcereiro.


Este é um trabalhador argelino, morador de Trípoli, preso em sua casa como mercenário:
video

("-- Onde é que ocê foi? Onde é que ocê foi?... Essa cara dura! Essa cara dura!")

Nenhum comentário:

Postar um comentário