sexta-feira, 30 de setembro de 2011

ESCÂNDALO !!! ONU CENSUROU DISCURSO DE MUGABE !!!

Na transcrição do discurso de Mugabe na 66a. Assembléia Geral da ONU, foi suprimido o seguinte trecho:

"Aí vemos a OTAN bombardeando locais, visando, caçando e aterrorizando os filhos de Kadafi. Agora os alegados pecados do pai cabem também aos filhos, às crianças? Perderam eles o direito à vida? Eles já não são seres humanos. Eles vêm sendo caçados diariamente. Ou será porque cada um deles não vale mais o preço de um barril de petróleo?"

"There we see NATO bombing places, seeking, hunting and haunting the children of Gadaffi. Have the alleged sins of the father now visited the sons, the children? Have the children lost their right to life? They are no longer human beings. They have been hunt everyday. Or is it because each of them is no longer worth the price of the barrel of oil?"

"Children" pode significar os filhos ou as crianças de Kadafi. Mugabe refere-se simultaneamente aos filhos de Kadafi, que a OTAN pretende prender ou matar, e ao filho e netos de Kadafi mortos no bombardeio de sua casa em 30/04/2011.

(leonorenlibia.blogspot.com)

Veja também os discursos na ONU de Cuba em http://www.unmultimedia.org/tv/webcast/2011/09/cuba-general-debate-66th-session.html e da Venezuela em http://www.vtv.gob.ve




RETROSPECTIVA 1: EM 09/08/2011 A OTAN BOMBARDEOU A VILA DE ZLITEN MATANDO 85 CIVIS:


(telesurtv.net)

O Governo Líbio convocou a imprensa para documentar esse ataque:

(leonorenlibia.blogspot.com)

Depois a OTAN perpetrou ataques muito mais letais, como recentemente em Sirte, bombardeando a cidade durante dias continuamente, impedindo as equipes de salvamento até de procurarem as pessoas sob os escombros. Morreram milhares de pessoas. Bombardeou escolas, hospitais, fábricas e o que havia. Também usou drones.




RETROSPECTIVA 2: A RESISTÊNCIA COMEÇA A SE ORGANIZAR EM TRIPOLI
(22/08/2011, DIA SEGUINTE À INVASÃO)

A queda de Trípoli foi desastrosa: os líbios não esperavam uma ofensiva tão fulminante. Pessoas em postos-chaves como policiais haviam sido subornadas para facilitar o avanço dos rebeldes. Grupos de "jihadistas" aguardavam o chamado dos muezins para saírem tumultuando a cidade. Logo os mortíferos helicópteros de combate da OTAN sobrevoavam as ruas metralhando tudo que se movesse, enquanto milhares de mercenários eram desembarcados na praia. Poucas horas depois a cidade estava coberta de cadáveres enquanto a Al Jazeera transmitia cenas festivas gravadas em sua "Trípoli" cenográfica.

No dia seguinte a Resistência popular começou a se organizar, coordenada com o Exército. No final do vídeo vemos a chegada de um carro de combate do Exército, e a área é dada por libertada. Os enfrentamentos em Trípoli não mais cessaram. Hoje de manhã a Resistência e o Exército tomaram o quartel da CIA.

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

CRÔNICA DA OCUPAÇÃO DE TRÍPOLI

Cartão postal:





video

ÁLBUM DE FOTOS


Este vídeo amador é peculiar, pq é bem montado. Mostra q nem todos os "rebeldes" são mercenários estrangeiros: há líbios que se engajaram no massacre de seus concidadãos, ou querem dar essa impressão (é irresponsável levar 1 criança a 1 tiroteio, não? e enrolada em 1 bandeira). Sabem que estão sendo filmados. O último segmento abre c/ 1 "rebelde" falando aparentemente em Inglês (Será "This is what Kadafi brought to us" ?). O prisioneiro anglófono (nigeriano?) procura inocentar-se, também em Inglês, para o câmera: "I have no idea of [???]... I don't know where Kadafi is."

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

SIRTE

Os mercenários da OTAN tentaram invadir Sirte nos últimos dias, sempre rechaçados, c/ muitas baixas. Quando se retiram, a OTAN bombardeia. Moradores da cidade formaram um grande comboio de carros e deixaram a cidade. Outros permanecem, dispostos a defender a cidade até o fim. Saiu hj no Australian:

http://www.theaustralian.com.au/news/world/sirte-civilians-accuse-nato-of-genocide/story-e6frg6so-1226147923376

Tradução para o Espanhol:

http://www.nuevoorden.es/2011/los-civiles-de-sirte-acusan-la/

Hj de manhã os mercenários foram forçados a se retirar do Leste de Sirte. Um contra-ataque organizado pelo exército líbio forçou-os a fugir deixando para trás muitos veículos e suprimentos de armas.

(http://resistencialibia.info/?p=729)

Prosseguem combates em torno do porto de Sirte. A OTAN pretende desembarcar tropas de um navio do Qatar, após ser derrotada em seus assaltos p/ terra. Enquanto isso, a artilharia dos rebeldes e os ataques da OTAN p/ ar e mar vão demolindo a cidade:

(ozyism.blogspot.com)




É novidade os rebeldes permitirem a saída dos moradores de Sirte (não todos, naturalmente. Eles têm 1 lista de 10.000 homens procurados). Até poucos dias atrás não permitiam. Talvez a evidência do genocídio esteja se tornando incômoda. Talvez tenha havido alguma negociação nesse sentido. Parece haver canais de negociação, pois há a notícia de que os ingleses retiraram seus letais helicópteros em troca de 17 militares britânicos que a Resistência aprisionou na semana passada. Eis como os rebeldes interditam o trânsito:






GADAMÉS:

Derrotados em Gadamés pela tribo Tarhuna anteontem, os mercenários da OTAN fugiram para a Tunísia e tentaram montar 1 base, mas foram atacados pelas forças de defesa da Tunísia e forçados a recuar para a Líbia. Tentavam reagrupar-se a Leste de Gadamés, quando o exército líbio os atacou e matou 50 deles, c/ número desconhecido de feridos.

(ozyism.blogspot.com)